Quem sou eu

Minha foto
Brazil
Luto a Favor das Raves contra esse preconceito inadimicível do povo.Acima de tudo Respeite

Músicas RaveBrasil1


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com

sábado, 28 de janeiro de 2012

Rave Brasil :
Manifesto Raver

Nosso estado emocional de escolha é o êxtase. Nosso alimento de escolha é o Amor. Nosso vício de escolha é a tecnologia. Nosso religião de escolha é a Música. Nossa moeda de escolha é o Conhecimento. Nossa política de escolha é Nenhuma. Nossa sociedade de escolha é a Utópica, embora saibamos que ela jamais vai existir.

Vocês podem nos odiar. Vocês podem não sentir falta da gente. Vocês podem não compreender a gente. Vocês podem não ter consciência da nossa existência. Nós apenas esperamos que vocês não se importem em nos julgar, porque jamais iremos julgar vocês. Não somos criminosos. Não somos desiludidos. Não somos viciados em drogas. Não somos crianças ingênuas. Somos uma aldeia maciça, global e tribal que transcende a figura do homem criador da lei, a geografia física e o próprio tempo. Nós somos a massa. O Uno massivo.

Fomos primeiramente desenhados pelo som. De muito longe, a batida trovejante, envolvente e ecoante era comparável ao coração materno envolvendo uma criança em seu ventre de concreto, de aço e de cabos elétricos. Fomos traçados dentro desse ventre, e ali, na profundeza e na escuridão das batidas, viemos para aceitar a idéia de que somos todos iguais. Não apenas na escuridão e entre nós mesmos, mas para a pluralidade de músicas que bate dentro de nós e transpassa nossas almas: somos todos iguais. E em algum lugar dentro da freqüência de 35 Hertz nós poderíamos sentir a mão de Deus nas nossas costas, impulsionando-nos para frente, impulsionando-nos para que nós próprios nos impulsionemos a nós mesmos para fortalecermos nossas mentes, nossos corpos e nossos espíritos. Impulsionando-nos para que nós pudéssemos nos voltar para a pessoa que está ao nosso lado e assim dar nossas mãos e levantá-las com o poder de compartilhar a alegria incontrolável que nós sentimos desde a criação dessa bolha de ar mágica que pode, por uma noite, nos proteger dos horrores, das atrocidades e da poluição que existe fora do mundo. Isso acontece em cada instante, e através dessa consciência matriz cada um de nós teve a oportunidade de verdadeiramente nascer.

Nós continuamos a enfraldar nossos corpos dentro de clubes, boites, ou de construções civis que vocês abandonaram e deixaram no meio do nada, e nós trazemos vida a elas por uma noite. Trazemos vida forte, pulsante, vibrante na sua forma mais pura, mais intensa e mais hedonista. Nesses espaços físicos procuramos nos jogar dentro da era de incerteza, diante de um futuro que vocês foram incapazes de estabilizar e de nos assegurar. Buscamos nos afastar de nossas inibições, e de nos libertar dos grilhões e das restrições que vocês nos colocaram para justificar sua paz na consciência. Buscamos reescrever o sistema que vocês usaram para tentar nos doutrinar desde o momento que nascemos.

Um sistema que nos diz como odiar, que nos diz como julgar, que nos diz como proteger a nós mesmos dentro do abrigo mais próximo e mais conveniente possível. Um sistema que nos diz até mesmo como escalar degraus, saltar obstáculos e puxar tapetes. Um sistema que nos diz como comer com uma brilhante colher de prata que vocês estão tentando fazer com que usemos, em vez de nos alimentar com suas mãos habilidosas. Um sistema que nos diz como fechar nossas mentes, em vez de abri-las.

Até chegar o nascer do sol e o dia em que nossos olhos cegarem diante da realidade existente num mundo que vocês criaram para nós, nós dançaremos ferozmente com nossos irmãos e irmãs em celebração à nossa vida, nossa cultura e nossos valores, os quais devotamos toda nossa crença: Paz, Amor, Liberdade, Tolerância, Unidade, Harmonia, Expressão, Responsabilidade e Respeito.

Nosso inimigo de escolha é a ignorância. Nossa arma de escolha é a Informação. Nosso crime de escolha é romper e desafiar quaisquer leis que nos impeçam de celebrar nossa existência. Mas saibam que enquanto vocês podem acabar com qualquer festa, em qualquer noite, em qualquer cidade, em qualquer país ou continente deste lindo planeta, vocês nunca poderão acabar com a festa inteira. Vocês não têm acesso a este botão, não importa o que vocês venham a pensar. A música jamais vai parar. O coração jamais vai deixar de bater. A festa nunca vai acabar.

Eu sou um raver, e este é o meu manifesto.

Autor Desconhecido

RaveBrasil1

RaveBrasil1
Rave Vivencia a Paz e harmonia de espirito